porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Venezuela tem mais um dia de protestos e mortes

Simpatizantes do governo usaram roupas vermelhas em 'marcha pela paz'. Mais de 1.300 pessoas foram presas desde o início das manifestações.



Milhares de simpatizantes e adversários do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, tomaram as ruas de Caracas novamente nesta quarta-feira (12), quando mais três pessoas morreram, elevando para 25 o número de vítimas fatais em um mês de manifestações.

2014-03-12t222922z_32014638_gm1ea3d0hrv01_rtrmadp_3_venezuela-protests (1)

Simpatizantes do governo socialista de Maduro, usando roupas vermelhas, realizaram uma “marcha pela paz”, enquanto os adversários, vestidos de branco, se reuniram para denunciar a alegada brutalidade das forças de segurança durante a mais grave turbulência política na Venezuela em uma década.

Em um determinado momento, a polícia e os soldados usaram canhões de água e gás lacrimogêneo para bloquear manifestações de estudantes que atiravam pedras e coquetéis molotov e exigiam a liberação do acesso para se dirigirem à Ouvidoria do Estado.

Testemunhas ouvidas pela Reuters disseram ter visto várias pessoas feridas.

No estado de Carabobo, região central, um estudante, um homem de meia-idade e um capitão do Exército foram mortos a tiros em incidentes separados. Vinte e cinco pessoas já morreram nos dois lados do conflito.

G1.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey