porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Semana do Júri: oito réus são absolvidos no último dia de julgamentos



Ao total, oito réus foram absolvidos pelos jurados, durante os julgamentos realizados na manhã e tarde desta sexta-feira (21), no Fórum do Barro Duro, em Maceió. Os acusados respondiam a processos de crimes dolosos contra a vida, pautados para o último dia da Semana Nacional do Tribunal do Júri

{27a5984a-7626-463d-a5d9-fad566877e91}_tj

Dos acusados absolvidos, estão Alexandre Cardoso da Silva, Washington Luiz da Silva Feitosa, Valdir de Araújo Silva e Carlos Jorge Cardoso da Silva. Os quartos réus foram denunciados pelo crime de homicídio qualificado contra Josuel dos Santos Souza, em atividade típica de grupo de extermínio com formação de quadrilha. O assassinato teria ocorrido em fevereiro de 2005, no município de Rio Largo.

Durante o julgamento, realizado nesta tarde e presidido pelo juiz Geraldo Cavalcante Amorim, o órgão ministerial requereu a absolvição dos réus por falta de provas. O Tribunal do Júri da 9º Vara Criminal, por sua vez, reconheceu não existir indícios concretos de que os acusados cometeram o assassinato e decidiu pela absolvição dos quatros denunciados do processo nº 0000964-57.2010.8.02.0051.

 

 

Réus absolvidos nesta manhã

 

 

Em sessão conduzida pelo magistrado Ygor Vieira de Figueirêdo, o júri decidiu absolver Jailson Cavalcante de Oliveira, denunciado na ação penal nº 0000990-55.2003.8.02.0001, pela prática de crime de homicídio doloso contra Charles Fabiano Salvador de Lima e Gutemberg Batista de Oliveira, em novembro de 2002, no bairro da Pitanguinha.

 

José Damião da Silva Ferreiro, que respondia ao processo nº 0010875-98.2000.8.02.0001, foi absolvido pelo júri popular, em julgamento presidido pela juíza Isabelle Coutinho Dantas. Ele foi acusado de tentativa de homicídio contra Reginaldo de Araújo, em julho de 2000. O acusado teria efetuado disparos de arma de fogo contra a vítima, no conjunto Dubeaux Leão.

O comerciante Sebastião Beltrão de Castro, réu do processo nº 0006821-70.1992.8.02.0001, também foi inocentado durante o julgamento conduzido pelo juiz Kleber Borba . Ele foi denunciado por homicídio qualificado contra Josivaldo Lourenço do Nascimento. O crime ocorreu em agosto de 1992, no mercado da feirinha do Tabuleiro, supostamente por causa de uma velha rixa entre os dois.

Fonte: Dicom/TJ


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey