porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Secretaria de Assistência Social entrega material e farda escolar

Ações fazem parte do projeto Pronatec/Senar em Canapi



unnamed (5)

A secretaria de Assistência Social de Canapi realizou no dia 25 de março as entregas dos fardamentos e também do material escolar usados pelos participantes do projeto Pronatec/Senar, no município. O encontro aconteceu na sede do sindicato dos trabalhadores rurais de Canapi, onde é ministrado o curso para os 15 participantes, e contou com a presença da Secretária Rita Tenório,  da Assistente Social e coordenadora do CRAS – Elis Lívia, do Veterinário responsável pelo projeto – Moisés Tenório, o do instrutor do Pronatec/Senar e a equipe do CRAS.

Segundo a Assistente Social e coordenadora do CRAS- Elis Lívia, o curso tem duração de 4 meses e é destinado à pessoas que moram na zona rural do município, pois, o objetivo da capacitação é que os mesmos coloquem a aprendizagem em prática no local onde eles moram, contribuindo assim para o desenvolvimento de cada região.

Ainda de acordo com a coordenadora, as primeiras aulas práticas acontecem em propriedades da zona rural do próprio município, em seguida, os alunos seguem para outros municípios alagoanos, a exemplo de Feira Grande, para dar continuidade a aprendizagem.

Pronatec Ifal

Foram iniciadas também no último dia 25 de março as aulas práticas de computação do curso de Auxiliar Administrativo realizado pelo projeto do Pronatec- Ifal. As aulas aconteceram também na sede dos trabalhadores rurais de Canapi, onde 20 alunos puderam colocar os conhecimentos em prática. O Pronatec – Ifal é um projeto que visa a especialização de alunos que estão cursando o 2º ano do ensino médio e são beneficiários do programa bolsa família.

 Pronatec Senar

O programa é voltado para os alunos da zona rural, sendo destinado apenas para o campo. São ao todo 20 vagas para o curso de ovinocultor de leite e outro curso de apicultor. A secretaria buscou incentivar as pessoas pois, o Ministério observou que não haviam muitas desistências no município. Sendo assim,  eles vão consequentemente aumentando as vagas. “Apesar das dificuldades,  conseguimos trazer para Canapi esse projeto tão importante para as pessoas. Foi registrado um índice de apenas 2% de desistência” afirma Elis Lívia – Coordenadora do Cras e Assistente Social.

Segundo a coordenadora, cada aluno tem um custo para a empresa parceira. Os alunos recebem ainda uma bolsa para alimentação e transporte, dependendo de onde eles moram.  Podem participar do programa os jovens a partir de 16 anos. É exigida uma escolaridade para poder participar, como por exemplo, no curso de inglês o participante deve ter cursado a partir do 2º ano do ensino médio. O que faz com que as pessoas estudem pois existe uma expectativa de que futuramente elas possam participar de um programa como o Pronatec.

A Assistência Social de Canapi está proporcionando a oportunidade para que as pessoas pobres tenham direito a participar de um curso profissionalizante. A prioridade das vagas é dada justamente aos que recebem o benefício do bolsa família e estarem incluídos na pobreza ou extrema pobreza. São oferecidos ainda fardamentos e quites didático-escolar, cadernos, canetas, enfim, todo o material necessário.

“Onde existir um projeto ou programa para ser implantado, e o mesmo possa melhorar a vida da população de Canapi, nós iremos buscá-lo. Temos força e vontade de trabalhar por esse povo. Não esperamos que nada caia do céu. Somente as bençãos de Deus. Por isso, nosso trabalho está dando certo e vai melhorar ainda mais, podem ter certeza disso”, garante Rita Tenório – Secretária de Assistência Social de Canapi-AL.

 

 

Assessoria


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey