Procon divulga pesquisa de preços dos produtos para ceia natalina



1Com a proximidade das festas de fim de ano, muitas famílias se preparam para fazer a tradicional ceia natalina. Porém, antes de ir às compras dos produtos, o consumidor deve ter cuidado e ficar atento às diferenças de preços.  Para auxiliar nas compras dessa época, o Procon/AL realizou uma pesquisa com os itens alimentícios mais procurados nesta época.

O levantamento de preços teve seu início na sexta-feira (9) e foi finalizada na última terça-feira (14) de dezembro, em qual foram percorridos quatro supermercados de médio e grande porte da capital, trazendo os valores dos 53 itens mais procurados para a ceia.

Os preços e marcas variam. Entre os itens tradicionais da ceia de natal, encontram-se: aves natalinas, carnes, bacalhau, pernil, peru, tender, caixas de chocolate, panetones, chocotones, queijos tipo do reino, refrigerantes, vinhos, espumantes, entre outros.

No quesito das aves natalinas, por exemplo, o valor do Kg do produto da marca Seara pode variar entre R$ 13,28 e R$ 25,90, uma diferença notável se tratando do preço ser por peso. “É de extrema importância que o consumidor olhe o valor do Kg ao comprar carnes, pois nem sempre o valor ali mostrado é o mais vantajoso”, explica o superintendente do Procon Alagoas, João Neto.

Para quem gosta do tradicional panetone, encontra o produto também por preços variados. O da marca Visconti (400g) teve valores entre R$ 9,99 e R$ 19,99. O da marca Bauduco (400g) foi encontrado por R$ 13,29 e R$ 15,90. Entre os chocotones, encontram-se o da marca Santa Edwiges por R$ 34,92, da Tommy (400g) por R$ 8,99.

O Procon Alagoas reforça a importância dos consumidores em pesquisar, ferramenta eficaz que auxilia na economia, ressaltando e mostrando na prática que a pesquisa registrou variações significativas entre os preços dos estabelecimentos pesquisados.

“Esse levantamento mostra o quanto o preço varia de um determinado produto. Por isso é importante a realização dessa coleta, para que o consumidor possa escolher a melhor opção para seu gosto e bolso”, destaca João Neto.

Fonte: Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey