porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Polícia prende suspeito de comandar roubos a bancos em diversos estados



G1A Polícia Civil divulgou, na manhã desta quarta-feira (25), a prisão de um homem suspeito de comandar uma quadrilha especializada em roubo a banco em diversos estados das regiões Norte e Nordeste. Evanaldo Galdino da Silva, 31, foi preso por policiais da Seção Especial de Roubos a Bancos (Serb) da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) no município de Arapiraca, na região Agreste de Alagoas, no último domingo (22). Ele usava um documento de identificação falso com o nome de Leandro Henrique Dantas da Silva.

De acordo com as investigações, Silva, que já se encontra na Casa de Custódia, no sistema prisional de Alagoas, é responsável pelos assaltos aos bancos dos municípios de Igaci, Santana do Mundaú, Boca da Mata e Mata Grande. A polícia denominou o bando comandado por ele como “Novo Cangaço”, devido ao modo de agir da quadrilha, aterrorizando diversos municípios do interior.

“Eles costumam sitiar as cidades, fechando delegacias e quarteis da PM enquanto assaltam os bancos. Explodiam cofres, ao invés dos caixas eletrônicos. O grupo saía da cena do crime e ficava camuflado com roupas e redes do exército em matas, esperando a poeira baixar”, afirmou o delegado da Serb, Guilherme Iusten.

Com o suspeito a polícia encontrou uma arma de fogo, munição, diversos celulares e cartões de crédito, além de uma roupa que já havia sido vista nas imagens de circuito interno de várias agências bancárias roubadas no interior de Alagoas. O suspeito também é investigado pela Polícia Federal há quatro anos..

“O suspeito é natural do Rio Grande do Norte e também é acusado de matar um ex-prefeito e dois militares de uma cidade de lá. Ele recrutava integrantes da quadrilha em vários estados e passaram a explodir não só caixas eletrônicos, mas cofres também. Ele foi preso sob suspeita por porte ilegal de arma de uso restrito das Forças Armadas, falsidade ideológica, formação de quadrilha armada e roubos a instituições financeiras”, afirmou o diretor da Deic, Paulo Cerqueira.

A polícia estima que o prejuízo dos assaltos às instituições financeiras ultrapassem meio milhão de reais. “Somente em um dos bancos o prejuízo foi de R$ 600 mil, em outro R$ 120 mil, mas nem todos os bancos divulgam os valores roubados”, disse Iusten.

 

Fonte: G1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey