Norte-americana vence como melhor do mundo e Marta fica em 2º



1Não deu para Marta. A meia norte-americana Carli Lloyd, de 34 anos, surpreendeu e, pela segunda vez seguida, é a melhor jogadora do mundo. O prêmio foi entregue pelo ex-jogador argentino Gabriel Batistuta. Melanie Behringer, do Bayern de Munique e da seleção alemã, era a favorita, mas ficou em terceiro na votação. A jogadora, de 31 anos, conquistou a medalha de ouro na Olimpíada do Rio de Janeiro e foi artilheira da competição com cinco gols. Os Estados Unidos caíram nas quartas de final dos Jogos Olímpicos.

A votação foi apertada. Marta foi a segunda mais votada. Carli Lloyd obteve 20,68% do total dos votos. Marta ficou com 16,60%, e Melanie obteve 12,34%. A vencedora na premiação entre as mulheres é decidida de acordo com uma combinação de critérios: 50% nos votos de capitãs e treinadoras de todas as seleções do mundo. A outra metade é somada entre o voto popular (25%), além de outros 200 jornalistas que foram escolhidos em todos os seis continentes, fechando os outros 25% restantes.

Após não ser finalista no ano passado, Marta voltou a estar entre as três melhores do planeta. Foi a 12ª vez que a brasileira foi indicada. Apesar de não levar neste ano, a camisa 10 do Brasil segue como a maior vencedora do prêmio com cinco conquistas. A última conquista da atacante do FC Rosengard no prêmio aconteceu em 2010, quando chegou a defender o Santos.

Com a conquista, os Estados Unidos empatam com Alemanha e Brasil entre os países com mais prêmios na categoria, com cinco cada. Além dos dois anos com Carli Lloyd, os norte-americanos levaram duas vezes com Mia Hamm e uma vez com Abby Wambach.

Alemã leva entre as treinadoras

Técnica campeã olímpica no Rio, a alemã Silvia Neid, de 52 anos, levou o prêmio entre as treinadoras. Ela concorreu com Jill Ellis, dos Estados Unidos, e a sueca Pia Sundhage, vice-campeã olímpica com a Suécia.

Todas as ganhadoras:

2016: Carli Lloyd (EUA)

2015: Carli Lloyd (EUA)

2014: Nadine Kessler (Alemanha)

2013: Nadine Angerer (Alemanha)

2012: Abby Wambach (EUA)

2011: Homare Sawa (Japão)

2010: Marta (Brasil)

2009: Marta (Brasil)

2008: Marta (Brasil)

2007: Marta (Brasil)

2006: Marta (Brasil)

2005: Birgit Prinz (Alemanha)

2004: Birgit Prinz (Alemanha)

2003: Birgit Prinz (Alemanha)

2002: Mia Hamm (EUA)

2001: Mia Hamm (EUA)

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey