porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Traipu começa a mudar e pode ser referência para o Brasil



Nesse momento de comoção que o Brasil vive desde a edição extra do JN da TV Globo, ontem, quero aqui parabenizar o eleitorado de Traipu, cidade à margem do Rio São Francisco, que teve a coragem de mostrar a Alagoas como se deve votar sem medo de errar.

Ou até mesmo sem medo do coronelismo político. Eduardo Tavares, que teve enorme coragem em se candidatar em meio a tantos desafios, já começa a mostrar aos alagoanos – e aos brasileiros, como um todo – que seriedade, honestidade e vontade de fazer faz a diferença em qualquer administração pública.

No dia da Emancipação Política de Traipu, tive uma conversa franca com ET, um gestor que deve ser exemplo para ser seguido por todos os demais gestores alagoanos. Durante a conversa, presenciei o quanto foi difícil sua caminhada à prefeitura. Ao seu lado, um ex-prefeito Arthur Olímpio, com 88 anos de idade. Ele deixou a prefeitura em 1996 e, decepcionado, não participou mais ativamente da política de Traipu.

Olímpio é uma referência de homem de bem que foi duas vezes prefeito. E ele confessou-me que sua maior riqueza com fiscal de renda nomeado por Muniz Falcão, foi educar seus oito filhos – todos tendo concluído sua formação superior. Em cinco meses, Traipu mudou. Todo o dinheiro que chega, a comunidade sabe onde vai ser investido em obras e outras ações que atendem aos anseios dos moradores do município.

Para que se tenha uma ideia, o dinheiro do Fundeb é aplicado no Banco Brasil (cerca de R$ 600 mil) para o rateio do final do ano com os professores. São muitos os exemplos de seriedade com o erário que podemos citar para mostrar os primeiros gols marcados pela gestão de Eduardo Tavares, entre elas destaca-se a violência, que está chegando quase à tolerância zero. Não há registro de nenhum crime na cidade há cinco meses. A prefeitura é pequena, com parcos recursos, mas os servidores recebem em dia e não precisam ir a Arapiraca para receber seus vencimentos, percorrendo 120 quilômetros de ido e volta de estrada.

Hoje, no dia do pagamento, o coronel Pinheiro, aposentado da PM, com sua tropa de choque de 20 militares escolhidos a dedo e, ainda, tendo à frente o próprio prefeito Eduardo Tavares, ficam à porta do Banco do Brasil da cidade para evitar a ação de assaltantes, como já aconteceu na cidade. Por incrível que pareça, Traipu já tinha ramificação com o PSS do Rio de Janeiro infiltrados no tráfico de drogas.

Mas a partir de primeiro de janeiro deste ano, todos eles sumiram, para a alegria e tranquilidade dos moradores da cidade. Não sou vidente; sou jornalista com 49 anos de atividades convivendo com todo tipo de políticos sem nunca ter me corrompido. E arrisco dizer: Em pouco tempo, os olhos do Brasil e de Alagoas estarão voltados para a gestão da cidade de Traipu, onde o zelo pelo dinheiro público é palavra de ordem em todas as áreas da prefeitura. Tenho certeza absoluta: Traipu encontra-se em boas mãos e o povo vai ter a certeza de que amanhã terá uma cidade alinhada com o desenvolvimento, com a saúde e a educação no top da linha. E ainda arrisco em dizer: Traipu será exemplo para o Brasil de como o povo deve escolher o prefeito certo no momento de votar. Espero que em 2018 tenhamos um Brasil melhor, com um modelo certo de votar como ocorreu em Traipu.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey