porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Veja argumentos de quem é contra e a favor de biografias não autorizadas

Chico, Caetano e Gil defendem autorização prévia para publicação de obra. Ruy Castro e outros biógrafos atacam 'censura' e 'biografias chapa-branca'.



A liberdade de publicação de biografias tem gerado grande polêmica desde o início de 2013, quando o grupo Procure Saber – integrado por Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil, Roberto Carlos, Djavan, entre outros artistas, e presidido pela ex-mulher de Caetano Paula Lavigne – passou a defender a proibição de obras não autorizadas pelos biografados ou por suas famílias, em caso de morte.

Os artistas dizem defender o direito à privacidade e destacam as dificuldades em conseguir reparar através de ações judiciais os danos posteriores à publicação. Djavan afirmou ainda, como publicou o jornal O Globo, que “biógrafos ganham fortunas” e defendeu a divisão dos ganhos com a publicação entre escritores e biografados.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey