Universal processa bispo que produziu vídeos contra Crivella

Ex-Integrante da igreja é alvo de ações por todo o Brasil após acusar esposa do candidato a prefeito do Rio de ter recebido 50 000 dólares irregularmente



brasil-eleicoes-2016-marcelo-crivella-rio-20161002-01A Igreja Universal do Reino de Deus conseguiu na Justiça retirar da internet vídeos produzidos por um bispo da própria congregação que trazem acusações contra a família de Marcelo Crivella, candidato à prefeitura do Rio de Janeiro. A ação movida pela Universal, em tramitação na vara fluminense, tem como réus o Google (dono do YouTube, onde os vídeos eram exibidos) e Alfredo Paulo Filho, que já foi um dos principais auxiliares do bispo Edir Macedo na base da igreja em Portugal, entre 2002 e 2009.

Em um dos conteúdos publicados na internet, removido no mês passado, o bispo Alfredo entrevista o ex-pastor da igreja, Alexandre Lisboa. Lisboa narra com detalhes o dia em que entregou 50 000 dólares não-declarados nas mãos de Sylvia Jane Crivella, esposa do senador. Ele afirma ter trazido o dinheiro em 1999 direto da África do Sul, onde trabalhou para a Universal. Segundo o relato do pastor, as notas de dólares foram levadas para o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, embrulhados em papel carbono para não serem detectados no raio X.

“Carreguei os dólares para a Fazenda Nova Canaã e entreguei o pacote para a esposa do Crivella”, afirma Lisboa aos três minutos e 45 segundos do vídeo. A Fazenda Nova Canaã foi um projeto social desenvolvido por Crivella no município de Irecê, na Bahia. O dinheiro, de acordo com o relato, teria sido usado na construção da fazenda.

Veja Online


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey