TJ-AL entrega 200 armas ao Exército; todas serão incineradas



1O Poder Judiciário de Alagoas, por meio da Corregedoria-Geral da Justiça, realizou, nesta quarta-feira (19), a última entrega de armas do ano ao Exército Brasileiro, a fim de que, posteriormente, sejam destruídas. Cerca de 200 armas, entre revólveres, espingardas e pistolas, foram entregues ao 59º Batalhão de Infantaria Motorizado, localizado no bairro do Farol.

O armamento foi entregue de forma simbólica pelo juiz auxiliar da Corregedoria, Antônio Bittencourt, ao capitão Muller, que comanda o setor de produtos controlados do Exército. Na oportunidade, o capitão explicou o procedimento para destruição das armas.

“A maioria dessas armas é proveniente de crimes e está com a numeração raspada. Elas são enviadas para uma siderúrgica no Recife, onde são derretidas, saindo definitivamente de circulação”, disse o capitão.

Antônio Bittencourt destacou que, antes de serem entregues ao Exército, as armas são identificadas e armazenadas no Centro de Custódia de Armas e Munições (CCAM) até que o processo criminal correspondente seja concluído.””Em abril deste ano, enviamos 209 armas ao Exército e, agora, estamos finalizando a entrega de armas do biênio 2015-2016. A correta destinação dessas armas está prevista no Estatuto do Desarmamento e na resolução de nº 134/2011, do Conselho Nacional de Justiça”, informou o magistrado.

A entrega das armas foi acompanhada pelo coordenador do CCAM, Nelson Brandão, pelos sub-tenentes Carvalho e Lucena, pelo sargento Luciano e pelo cabo Raniere.

TJ/AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey