porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


SGAP realiza transferência de custodiados da Delegacia Regional de Penedo

Presos foram encaminhados para o Presídio do Agreste e Presídio Feminino Santa Luzia



Durante esta segunda-feira (2), a Superintendência Geral de Administração Penitenciária (SGAP) realizou a transferência de 69 custodiados que estavam na Delegacia Regional de Penedo para o Presídio do Agreste e para o Presídio Feminino Santa Luzia.  A ação foi acompanhada por representantes da segurança pública estadual. Um forte esquema de segurança foi montado.

A transferência foi realizada por oito carros-celas da SGAP, que foram escoltados pelo Corpo de Bombeiros Militar, pelo Batalhão de Polícia Rodoviário (BPRv) e pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE). Além disso, agentes do Grupamento de Escolta e Remoção (GER) e do Grupo de Intervenções Táticas (GIT) do Sistema Prisional também acompanharam a ação.

Os 64 reeducandos serão transferidos para o Presídio do Agreste, no município de Girau do Ponciano e as cinco custodiadas vão para o Presídio Santa Luzia, em Maceió. Após passar pelo processo de identificação ainda na delegacia de Penedo, os reeducandos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca para realizar o exame de corpo de delito e, assim, irem para as unidades prisionais destinadas.

Entre as autoridades que acompanharam a transferência, estão o secretário de Estado da Defesa Social, Dário César, o superintendente geral da SGAP, tenente-coronel Carlos Alberto Luna e o superintendente adjunto, tenente-coronel Marcos Sérgio, além do ouvidor do sistema penitenciário, major Marcos Lima. O representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Penedo, José Machado, também esteve presente durante a ação.

De acordo com Dário César, o esvaziamento das carceragens das delegacias faz parte das metas a serem cumpridas com a construção do Presídio do Agreste. “Algumas delegacias não serão completamente esvaziadas porque há um número limitado de vagas, mas já começamos a construção do Presídio de Maceió, com 1.008 vagas, e da unidade feminina, com 210 vagas. Essas unidades vão possibilitar que nenhum reeducando fique custodiado em delegacias. Dessa forma, a polícia pode cumprir seu papel principal que é investigar”.

Já o tenente-coronel Carlos Luna, superintendente da SGAP, afirmou que o processo de transferência vai contribuir com a melhora da segurança pública em Alagoas. “A delegacia de Penedo apresenta uma estrutura inadequada para a custódia de presos e, a partir de hoje, as prisões comuns que forem feitas serão deslocadas para o Presídio do Agreste. O secretário Dário César fez questão de acompanhar a transferência, mostrando todo o envolvimento da Defesa Social com a segurança pública do Estado”.

Existe um cronograma contínuo de transferências de presos de outras delegacias para o Presídio do Agreste

foto Raul Plácido.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey