porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Roberto Carlos celebra a 40ª edição do seu especial de fim de ano

Para atrair o público, Globo promove a participação de artistas que estiveram em alta no ano, como Marcelo Adnet, Anitta, Tiago Abravanel e Lulu Santos



Por Correio Braziliense

 

Repetição: público reclama de monotonia no programa, que vem caindo na audiência
 (Estevam Avellar/TV Globo)

 

A mais tradicional das atrações de fim de ano da televisão brasileira, o Roberto Carlos Especial, completa 40 anos de exibição na noite de 25 de dezembro, com direção de Jayme Monjardim e João Daniel Tikhomiroff. Na tentativa de atrair o público e dar uma nova cara ao programa, que se mantém praticamente o mesmo ao longo das quatro décadas, a Globo promove a participação de artistas que estiveram em alta no ano, como Marcelo Adnet, Anitta, Tiago Abravanel e Lulu Santos.

O programa gravado na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, recebe cenografia especial, que inclui um tapete azul na entrada — versão especial do red carpet, na cor favorita do Rei. O elenco da emissora estará em peso na plateia de 1,2 mil convidados. Tatá Werneck, a Valdirene de Amor à vida, subirá ao palco para fazer graça.

As mudanças feitas pela emissora têm como objetivo atrair o público, já que a audiência do programa tem diminuído nas últimas edições. Dados do Ibope mostram que a atração perdeu quase a metade dos telespectadores desde 2000. Um dos motivos apontados é a repetição da fórmula. “Acho que o especial está monótono até pra quem é fã. Parece que o show acontece todo ano só pra cumprir tabela e fazer propaganda dos artistas. Poderiam inovar mais”, critica Júlio José, um admirador de Roberto Carlos. Ele comanda o programa Emoções FM, na Rádio Comunitária do Gama.

Gizelda Cavalcanti, 74 anos, é fã de Roberto Carlos desde muito jovem. “Já gostava dele na época de O calhambeque. Tenho vários discos, conheci a sua cidade natal, Cachoeiro de Itapemirim, e não perco um especial”, conta. Para ela, o programa está muito repetitivo, mas não tem opção melhor para fechar o ano. “Roberto é o melhor cantor da atualidade. Acho que ele deve continuar fazendo o show até quando puder ”, diz.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey