porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Ricardinho: Gravíssimo, mas ainda resiste



735182_138057196353912_280238198_nAinda persiste a gravidade do estado de saúde do jovem Ricardo Gomes (Ricardinho), internado numa Unidade de Emergência em Arapiraca.

Após ter sido submetido a uma tomografia computadorizada no hospital CHAMA, onde foi detectado a constância de secreção no crânio. Com isto Ricardo voltou à Unidade de Emergência para passar por um processo de drenagem, ao qual ainda continua sendo submetido.

Apesar de sedado, familiares afirmam que na tarde de ontem ele teria manifestado alguns estímulos, ao apertar a mão tanto do seu pai, como da sua mãe.

Vale salientar que a equipe do Estadão Alagoas em momento algum teve contato com médicos da equipe que cuida do Ricardinho para obter alguma explicação referente ao coma induzido, versos apresentação de reflexos. As informações são colhidas junto à sua mãe, professora Zeta.

A precisão sobre este quadro só com avaliação neurológica, e pronunciamento do médico especialista.

Entenda o caso:

Um acidente de moto na zona rural de Palmeira dos Índios ocorrido por volta das 19h50 desta quinta-feira (05) deixou o jovem Ricardo Gomes de Souza (25 anos), gravemente ferido.

Segundo informações, Ricardo trafegava  em sua moto numa estrada vicinal no sítio São José, próximo ao bar da Cobra, quando se chocou com um cavalo. O jovem ficou gravemente ferido, e foi  encaminhado para o Hospital Regional Santa Rita, de onde, já entubado, foi transferido para a Unidade de Emergência de Arapiraca.

Neste momento (00h30) de sexta (07), o jovem passa por um procedimento chamado laparotomia, devido a um intenso sangramento no abdômen. Segundo a equipe médica, o estado de saúde do jovem Ricardo Gomes é considerado gravíssimo.

“Ricardinho”, como é mais conhecido, é filho da professora Zeta e de José Arnaldo (funcionário do Dnocs), os quais foram proprietários do Hotelzinho.

Ricardo é casado com Gracy Lima e tem uma filha. Atualmente reside na Rua José Joaquim de Oliveira, no bairro São Francisco.

A notícia do seu acidente deixa a sociedade palmeirense perplexa, uma vez que se trata de um jovem bastante conhecido, e com um largo círculo de boas amizades.

Da Redação do Estadão Alagoas


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey