Real Alagoas tira ônibus que faz a linha Maceió/Pão de Açúcar e deixa população no prejuízo



SONY DSCA empresa Real Alagoas tirou de circulação o ônibus que faz a linha Maceió/Pão de Açúcar, saindo do terminal rodoviário às 15 horas e chegando por volta das 20 horas à cidade de destino, para retornar às 5 horas da manhã do dia seguinte para a Capital.

Segundo informou um funcionário da empresa à reportagem do CN, o qual não quis se identificar, a decisão foi tomada pela direção da empresa por causa de prejuízos que a Real Alagoas vem tendo,  principalmente por motivo da concorrência de veículos do transporte alternativo que fazem diariamente esta mesma linha.

Para quem quer viajar de ônibus de Maceió a Pão de Açúcar e vice-versa, só resta agora o ônibus que sai logo cedinho de Maceió, chega a Pão de Açúcar às 11 horas e retorna às 14 horas do mesmo dia.

Não é a primeira vez que a população passa por este tipo de vexame, pois faz aproximadamente um ano que a empresa Jotude retirou o único ônibus que fazia diariamente a linha Recife/Pão de Açúcar, deixando os passageiros sem alternativa de transporte para o estado de Pernambuco.

As justificativas apresentadas pelos diretores destas duas empresas  parecem não convencer a os moradores locais,  pois no vizinho estado de Sergipe existem duas empresas  (Coopertalse e Coopercaju) fazendo a linha Aracaju/Povoado Niterói, uma localidade rural sergipana que fica em frente à cidade de Pão de Açúcar.

Nesta linha Aracaju/Povoado Niterói e vice-versa são disponibilizados três ônibus pela manhã e mais três ônibus à tarde, os quais rodam diariamente lotados de passageiros. Aliás, é grande a quantidade de ônibus rodando diariamente para todas as cidades e diversos povoados sergipanos, apesar de existir em Sergipe grande concorrência com outros veículos do transporte alternativo, também.

Partindo desta realidade, a decisão tomada pelos diretores da empresa Real Alagoas foi considerada absurda, já que as pessoas que sempre viajam nestes horários ficaram sem opção de ônibus, um meio de transporte rodoviário a preço mais acessível.

E o pior é que não houve sequer uma comunicação prévia à população sobre a retirada deste ônibus. Por isto, considero esta atitude uma falta de respeito muito grande aos usuários deste ônibus.

Por que acontecem tantos absurdos em Alagoas, uma terra onde as coisas boas parecem ser mais difíceis de acontecer?!

Vejo que já é hora dos senhores parlamentares eleitos com a ajuda dos pão-de-açucarenses resolverem definitivamente este problema que vem causando preocupação, revolta e constrangimento aos moradores da Terra de Jaciobá.

Bem sabemos que em matéria de transporte a concorrência é grande em todos os lugares. Porém, a população não pode pagar o preço dessa concorrência, algumas vezes, desleal. Os passageiros não podem ficar a mercê da ganância e da  boa vontade de quem quer que seja.

Em tempo de crise econômica provocada por políticos corruptos e inconsequentes que quebraram o Brasil, é lamentável que o povo seja penalizado!

Por Hélio Fialho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey