porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Quem disse que os prefeitos vão a Brasília lutar pelos municípios?

Nas reuniões da AMA eles só comparecem em massa quando o assunto é liberação de grana



 

Mais de 50% dos nossos prefeitos alagoanos estão ávidos para a chegada do fim do mês. É que de 25 a 28, eles estarão seguindo em caravana rumo a Brasília, a fim de ‘participar’ da XVIII Marcha, evento nacional que promete mais uma vez reunir o maior número de prefeitos de todo País, visando pressionar o governo federal, sobretudo contra a descriminação do repasse financeiro para as Prefeituras. Até aí tudo bem. Só que muitos, como todo mundo sabe, vão intencionados somente em curtir as badalações noturnas da capital brasileira. E o pior: com o dinheiro público de suas Prefeituras que eles dizem que estão quebradas.

Na segunda-feira da semana passada, a AMA trouxe para Maceió, o deputado federal André Moura (PSC-SE), que é relator da Comissão Especial do Pacto Federativo. Veio como está fazendo nos demais estados, na missão de  debater  e ouvir propostas com os prefeitos, que serão encaminhadas ainda este ano para apreciação do Congresso Nacional; cujo projeto aponta um modelo ousado para os municípios, quanto a divisão do bolo financeiro que entra na União.

Pois bem, diante de um assunto tão importante dessa natureza, apenas 26 prefeitos teriam comparecido naquele  evento; quantidade que decepcionara  até a direção da Casa, onde o dirigente Jorge Dantas (prefeito de Pão de Açúcar) disse que era lamentável. Aliás, cenas semelhantes se repetem  nos demais encontros de grande valia promovidos pela Associação dos Municípios Alagoanos-AMA.  Agora dizer que vão para Brasília como bandeira de luta em defesa dos municípios; para ser mais piadinha de mesa de bar para a gente rir!




Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey