porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Presa quadrilha acusada de assalto a banco e assassinato

Meliantes estão envolvida no homicídio do policial militar Ivaldo Oliveira Silva, ocorrido no município de Porto de Pedras



Quadrilha presa

Quadrilha presa ( Fotos: Renan Belo )

Por Redação com Assessoria

Foi deflagrada uma operação nesta segunda-feira (13) que prendeu quatro pessoas acusadas de roubo a bancos e assassinatos no Estado. A ação foi realizada por determinação do delegado-geral da Polícia Civil de Alagoas, Paulo Cerqueira, a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic). A quadrilha detida está envolvida no homicídio do policial militar Ivaldo Oliveira Silva, em dezembro do ano passado, no município de Porto de Pedras, litoral Norte de Alagoas.

Na ação foram detidos: Diego Guedes Correia Alves, 25, conhecido como “Diego pistola”, Kleison Conceição, 23, José Gomes da Silva Filho, 24 e Dayane da Conceição Silva, 18. A operação foi comandada pela diretora da Deic delegada Ana Luiza Nogueira, que explicou que Diego foi detido em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo município onde ocorreu a execução do militar, mas também responderá por flagrante porque estava com uma pistola e um veículo Nissan Frontier, utilizado no roubo ao banco de Cacimbinhas, o qual ele participou.

”Diego é o líder da quadrilha, ele comandou o roubo a agência bancaria em Cacimbinhas na última sexta-feira (10) e também o assassinato do PM. Ele foi localizado em cumprimento a um mandando de prisão que foi expedido pelo juiz Francisco Oliveira, que responde pela comarca de Porto de Pedras. Uma das armas que apreendemos foi utilizada no homicídio do policial”, explicou.

Na ação foram apreendidos um revólver calibre 38, duas pistolas calibre 380, R$ 3.400,00, uma bala clava, um colete a prova de balas, nove aparelhos celulares, cartuchos de arma de fogo e um veículo.

De acordo com as investigações “Diego pistola”, que foi detido no bairro Clima Bom, em Maceió, cometeu um homicídio no último sábado (11), no conjunto Eustáquio Gomes, onde executou, num acerto de contas, Antônio Tiago Barroso Barros, que fazia parte de sua quadrilha. O acusado Kleison o ajudou quando o crime ocorreu.

O detido José Gomes, é foragido, ele responde criminalmente por tráfico de drogas, ele foi flagrado com uma das armas apreendidas, o colete a prova de balas e a bala clava. A quantia que foi apreendida estava com Dayane, ela possui um relacionamento com Diego, e acompanhou o acusado em vários crimes.

O delegado-geral Paulo Cerqueira explicou que a quadrilha presa foi investigada minuciosamente pela PC. “Dando continuidade as ações de combate de roubos a bancos em Alagoas, a Deic desarticulou esta quadrilha após prender outros acusados envolvidos em roubos a bancos no final do ano passado. Esta operação resultou na detenção de quatro criminosos, apreensão de armas, veículo e dinheiro”, disse.

Todos os detidos foram interrogados pelo delegado Rodrigo Sarmento da Seção Antissequestro da Deic.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey