porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Própolis vermelha de Alagoas potencializa sustentabilidade

Único no mundo e anticancerígeno, produto é desenvolvido com recursos captados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado



large (65)No mês do meio ambiente, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) celebra um projeto norteado pela sustentabilidade, que comprova os benefícios da união entre mercado produtor, setor público e meio acadêmico.

Nos últimos dois anos, diversas foram as descobertas acerca da própolis vermelha de Alagoas, um ouro rubro encontrado exclusivamente nos manguezais locais e importado por países como Japão e Estados Unidos.

As pesquisas possibilitaram a produção de extratos em cápsulas, a obtenção de patentes e o desvendamento de substâncias anticancerígenas e até anti-HIV no composto natural.

O incentivo a essa aproximação foi dado pelo Programa de Subvenção à Pesquisa em Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pappe Integração), uma iniciativa da Financiadora de Estudos e Projetos do Governo Federal (Finep) e que tem em seu comitê gestor local a Fapeal, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), a Federação das Indústrias (FIEA) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

No mês do meio ambiente, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) celebra um projeto norteado pela sustentabilidade, que comprova os benefícios da união entre mercado produtor, setor público e meio acadêmico.

Nos últimos dois anos, diversas foram as descobertas acerca da própolis vermelha de Alagoas, um ouro rubro encontrado exclusivamente nos manguezais locais e importado por países como Japão e Estados Unidos.

As pesquisas possibilitaram a produção de extratos em cápsulas, a obtenção de patentes e o desvendamento de substâncias anticancerígenas e até anti-HIV no composto natural.

O incentivo a essa aproximação foi dado pelo Programa de Subvenção à Pesquisa em Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pappe Integração), uma iniciativa da Financiadora de Estudos e Projetos do Governo Federal (Finep) e que tem em seu comitê gestor local a Fapeal, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), a Federação das Indústrias (FIEA) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

“Isso permite que a Fapeal venha fortalecer cada vez mais a inserção e o fomento de projetos voltados à inovação”, destacou Janesmar Cavalcanti, diretora-presidente da Fapeal. A ação está alinhada com as diretrizes do Eixo 3 do Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação de Alagoas.

Em 2011, quando o edital Pappe Integração foi lançado pela Fapeal, foram disponibilizados recursos na ordem de R$ 2 milhões para micro empresas e empresas de pequeno porte de diversas áreas no Estado. Um dos projetos contemplados foi “Desenvolvimento e padronização de bioprodutos derivados dos manguezais de Alagoas”, que proporcionou as descobertas acerca da própolis vermelha.

 

Benefícios da própolis

Oriunda exclusivamente dos manguezais alagoanos, a Própolis Vermelha de Alagoas é gerada a partir da resina da planta Dalbergia Ecastophyllum, mais conhecida como “rabo de bugio”, e transformada a partir da saliva de abelhas. Reconhecida nacionalmente e internacionalmente por sua composição química original, esse tipo de própolis é rica em elementos terapêuticos e possui atividade antioxidante, além de atuar na prevenção de doenças cardiovasculares, no combate ao colesterol alto, à osteoporose e aos efeitos da menopausa. Ela também é indicada para dermatites, ferimentos, inflamações e infecções.

Em Maceió, o extrato pode ser adquirido na rede de produtos naturais Erva Doce & Doce Erva ou na Apícola Fernão Velho.

 

Agência Alagoas


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey