porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Preço dos tradicionais produtos do Natal sofrem alta em Maceió

Panetone aumentou quase 25% de novembro para dezembro. Dados são do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Seplande.



O item que não pode faltar nas festas de fim de ano é o tradicional Panetone. Os maceioenses que deixaram para comprar o produto de última hora precisarão pagar mais caro. Segundo pesquisa do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Secretaria de Estado do Planejamento e Desenvolvimento Econômico de Alagoas (Seplande), o Panetone está 24,83% mais caro em Maceió este mês quando comparado a novembro. Outros produtos também sofreram alta. Aumento do dólar e estiagem no Norte e Nordeste influenciam aumento de preços.

Panetone produto natalino Natal (Foto: Reprodução/TV Rio Sul)

Do gênero alimentício, as frutas cristalizadas tiveram o maior aumento percentual (49,77%). Os também comuns nas ceias de fim de ano peru congelado e chester não apresentaram variação no período. O espumante e o vinho tiveram aumento de quase 7% e 4,27%, respectivamente.

No quesito roupas, os vestidos femininos aumentaram um pouco, registrando um percentual de 9,38%. Já os homens terão que pagar mais caro pelo sapato ou pelo tênis, que subiram 20,15% e 15,33%, respectivamente.

Muitos bens adquiridos são de origem estrangeira, já que os produtos nacionais apresentaram diminuição na oferta, fator que também encareceu os preços. Exemplos que se encaixam nessa categoria são os artigos de decoração natalina”, explicou Anderson Henrique, diretor de Estudos e Pesquisas da Seplande.

Com a demanda menor que a esperada, o “festão” apresentou alta de 7,44%, o pisca-pisca com 2,80% e o enfeites das árvores de Natal com 6,52%. As quedas ficaram para o sino (-8,65%), a árvore de Natal (-4,75%), e o presépio (-5,57%). Os eletrônicos também sofreram ajustes, de acordo com a pesquisa. Os destaques foram  para o tablet (4,59%) e a câmera digital (4,34%).

Para embasar o estudo, 71 tipos de artigos foram elencados em estabelecimentos distintos da capital alagoana, entre  os dias 09 e 12 de dezembro de 2013, em comparação com a última semana de novembro deste mesmo ano.

 

Por: G1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey