porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


População de Palmeira sofre com atendimento deficiente na agência do Banco do Brasil

Pessoas ficam ás vezes em média “duas a três horas na fila de espera, contrariando a própria legislação.



Por Redação

A foto foi tirada em 2011 e postada no Blog do Cosme Rogério, em 2013 a situação não é diferente.

 

Uma série de denúncias do desrespeito na agência do Banco do Brasil em Palmeira dos Índios que vem acontecendo está chegando a redação do portal Estadão Alagoas, a começar pelos problemas e abastecimento nos caixas eletrônicos, que também fazem parte da rotina de quem depende dos serviços bancários.

A Agência Banco do Brasil da cidade há muito tempo vem sendo alvo de reclamações da população por conta da qualidade dos serviços que a instituição vem oferecendo. As reclamações são constantes agora na questão do atendimento, onde as pessoas ficam ás vezes em média “duas a três horas na fila de espera, contrariando a própria legislação.

Segundo informações colhidas pela equipe do portal Estadão Alagoas por meio dos clientes, no período de pagamento a demora no atendimento dobra, constantes são as vezes que um funcionário atende a todos.

”Estou na fila há duas horas, cheguei à agencia as dez horas e agora já é 12h, e só atenderam quinze fichas, perdi o dia de trabalho, tenho muito o que fazer. Isto é uma falta de respeito a nós que somos clientes e até a população que precisa do banco para outros serviços.” Disse um dos clientes que pediu para não ser identificado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey