porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Policiais militares entram em confronto com jovens em Sorocaba

Alguns deles usavam drogas na calçada e ouviam música alta. PMs jogaram bombas de gás lacrimogêneo para dispersar os jovens.



Policiais militares entraram em confronto com jovens em Sorocaba, no interior deSão Paulo, ontem à noite (27). Segundo a polícia, eles estavam consumindo drogas na calçada.

Imagens feitas no fim da tarde mostram os jovens em pequenas rodas.

Quando passa uma viatura da polícia, o consumo é interrompido, mas basta os policiais irem embora para os jovens voltarem a consumir os cigarros de maconha. O comércio entre traficantes e consumidores é livre.

À noite, a bagunça aumentou, com centenas de pessoas tomando as ruas e os carros com som alto. Motoqueiros empinam as motos e os veículos trafegam pela contramão.

A polícia voltou disposta a acabar com a bagunça por volta das 22h. Os PMs jogaram bombas de gás lacrimogêneo para dispersar os jovens, que correu. O grupo voltou logo e começou a provocar os policiais.

Uma das bombas atiradas pelos policiais atingiu um carro que passava pelo local. Um grupo de jovens atirou garrafas contra a polícia, que revidou com mais bombas.

As ruas foram tomadas por viaturas da polícia. Todos os carros que passavam eram revistados. Quem insistia em passar pela via, era retirado à força.

O confronto durou cerca de duas horas. Só depois da meia noite a polícia conseguiu finalmente fazer com que as pessoas que estavam na rua fossem embora.

De acordo com a Polícia Militar, não houve feridos durante o confronto e ninguém foi preso. O comando da PM afirma que essa não foi a primeira operação no local e que as ações vão continuar.

“Todos os finais de semana nós temos viaturas no local fazendo patrulhamento e ações da Força Tática. Vai continuar essa operação e acreditamos que, com essa operação a gente possa acabar com esse tipo de ação desses jovens naquele local”, relata o coordenador operacional da PM Vanclei França.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey