porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Pacotão: puxão de orelha no tetra, Alonso apático e Kimi desbocado

GP da Índia, que marcou título de Vettel e RBR, tem punição desnecessária por festa do alemão na pista e atuações de destaque de Massa e Grosjean



Não tem para ninguém. A Fórmula 1 atual tem um dono: Sebastian Vettel.

No GP da Índia deste domingo, o alemão da RBR assegurou o título com três etapas de antecipação e colocou o nome na história da categoria, tornando-se, aos 26 anos, o mais jovem tetracampeão, ultrapassando seu ídolo Michael Schumacher, que levantou a quarta taça aos 32.

E a taça veio, para variar, com mais uma vitória: a terceira no circuito, a décima na temporada, a sexta de forma consecutiva. E nem precisava de tanto… Já que Fernando Alonso (Ferrari), único que poderia adiar a conquista do alemão, sequer marcou ponto.

Vettel, claro, foi o centro das atenções: fez uma grande festa, com ‘zerinhos’ na pista e escalada no alambrado. Mas a direção de prova tratou de roubar a cena, aplicando uma reprimenda ao grande campeão por não levar o carro direto para os boxes.

A prova marcou também o tetra da RBR no Mundial de Construtores, mesmo com mais uma quebra de Mark Webber. A estrela do dia foi Vettel, mas outros também brilharam, como Nico Rosberg e Romain Grosjean, que chegaram em segundo e terceiro, respectivamente, além de Felipe Massa que fez uma primeira volta mágica e quase beliscou um pódio.

Outro que chamou a atenção foi Kimi Raikkonen, mas pelo lado negativo. O finlandês protagonizou um bate-boca pelo rádio com a equipe, com direito a palavrões!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey