porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Nova adutora do Agreste entra em testes no final de março deste ano

Dos 57 quilômetros 37 quilômetros e 110 metros foram concluídos



Por Roberto Gonçalves

Exibindo IMG_3869.JPG

A nova adutora do Agreste, um investimento do Governo do Estado da ordem de R$ 143 milhões avança do município de Traipu no morro da Mombaça na captação as margens do Rio São Francisco até Arapiraca numa extensão de 57 quilômetros.

Desse total, 37 quilômetros e 110 metros já foram concluídos pelas oito frentes de assentamento de dutos num trabalho dia e noite pela construtora Grupo Galvão. De acordo com o gerente de produção,  o engenheiro Francisco Bernardes Bezerra Neto 600 operários do Grupo Galvão e 200 de empresa terceirizada trabalham ao longo da adutora margeando a Al-110.

Explicou o técnico que, até o final do mês de fevereiro os trabalhos de assentamento de dutos estarão concluídos e os testes devem ser realizados no fim de março deste ano. Os dutos tem diâmetro de 700 milímetros. No final da adutora em Arapiraca está sendo construída a Estação de Tratamento em uma área próxima ao Campus avançado da Universidade Federal de Alagoas – (Ufal).

A produção de água através da nova adutora do Agreste será da ordem de 1.500 metros cúbicos por hora sendo, 1.000 metros cúbicos hora de água tratada diretamente para Arapiraca e 500 metros cúbicos hora de água bruta para a Mineradora Vale Verde no município de Craíbas.

Com os sistemas novo e atual a produção passará para três mil metros cúbicos por hora. O sistema vai solucionar todo o problema de abastecimento de água em Arapiraca e mais 10 cidades do seu entorno por 30 anos.

Os municípios beneficiados são; Arapiraca, Craíbas, Igaci, Girau do Ponciano, Campo Grande, Coité do Noia, São Brás, Lagoa da Canoa,  Olho D’água Grande e Feira Grande. Todos os municípios estão localizados na Região Metropolitana do Agreste – (RMA). São parceiros no empreendimento o Estado de Alagoas e CAB Águas do Agreste.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey