porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Manutenção no sistema coletivo do Agreste vai parar o abastecimento de água nos dias 20 e 21

Medida é necessária para instalação de novos equipamentos e aumento da vazão



O sistema coletivo do Agreste será paralisado nos próximos dias 20 e 21 de novembro para uma manutenção programada, realizada pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) e pela CAB Águas do Agreste.

Nesse período, serão instalados novos equipamentos para melhoria operacional e aumento da vazão das adutoras existentes, visando garantir mais água e, com isso, melhorar o atendimento à população. A ação faz parte do contrato da Parceria Público-Privada (PPP) do Agreste

A partir das 20h de quinta-feira (21), o sistema será religado. No entanto, em algumas regiões, serão necessárias pelo menos 24h para que o abastecimento volte ao normal, gradativamente.

Os municípios afetados são: Campo Grande, Coité do Nóia, Craíbas, Feira Grande, Girau do Ponciano, Igaci, Lagoa da Canoa, Olho d’Água Grande, São Brás e Arapiraca.

Nova adutora

As obras da nova adutora do Agreste, realizadas por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP), já ultrapassaram os 20 mil metros de tubos, de um total de 57 mil. O trabalho está sendo desenvolvido de forma ininterrupta, ou seja, dia e noite, a fim de antecipar a entrega da obra.

A nova adutora tem como ponto de partida a estação de captação, que fica situada à margem do rio São Francisco, no município de Traipu. De lá até Arapiraca, seu destino final e onde será instalada uma estação de tratamento, percorre vários municípios do Agreste.

Com a nova adutora, onde estão sendo investidos R$ 143 milhões, a produção de água do sistema coletivo dobrará, passando dos atuais 1.500 metros cúbicos por hora para 3.000 metros cúbicos por hora. Com esse incremento será resolvido o problema de falta de água em Arapiraca e nos outros nove municípios do sistema coletivo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey