João Lyra anuncia arrendamento Usina Guaxuma pelo Consórcio: Usina Coruripe e Granbio



1Com capacidade de produção de 1,8 milhões de toneladas por safra, a Usina Guaxuma do grupo da massa falida do empresário João Lyra irá retornar moagem, já que uma reunião ocorrida na sexta feira 14, foi assinado o termo de consolidação de arrendamento da indústria, uma das empresas que vem sofrendo um processo de falência desde 2011.

A usina chegou a ser disputada o arrendamento por grande grupos do setor sucroalcooleiro. O consórcio entre a Granbio e da Usina Coruripe será responsável pela gestão da usina a partir da assinatura do termo de contrato que foi assinado pelo empresário João Lyra e do juiz da Vara de Coruripe, Kleber Borba Rocha, responsável pelo processo. Com a assinatura , a Usina Coruripe e o grupo Granbio que tem sede em São Miguel dos Campos passam a ser oficialmente arrendatários da usina Guaxuma pelo przo de 10 anos, prorrogáveis por mais 10, se houver anuência entre as partes.

A usina Guaxuma possui uma área total de mais 17,5 mil hectares e está avaliada em R$ 864,1 milhões. A usina Coruripe e Granbio vão assumir a operação da unidade industrial e a exploração de cerca de 12.500 hectares de terra, revelou o diretor presidente da Coruripe, Jucelino Souza.

Segundo o empresário João Lyra, o arrendamento da usina é uma alternativa vista com bons olhos, que com esse formato não perde em definitivo o patrimônio do grupo. Ficou definitivamente acertado que o consórcio arrendatário vai administrar a Guaxuma, com obrigatoriedade contratual de reativar o parque industrial, fazer investimentos e gerar empregos, mas a propriedade continua sendo do grupo João Lyra, que depois de 10 anos pode vetar ou não a renovação do arrendamento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey