porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Homem gasta mais de R$ 40 mil para se transformar em diabo

Entre as operações que já fez até agora, Diablo Delenfer teve a língua cortada em duas partes, implantes sub-cutâneos e uma tatuagem no globo ocular



boxxxxxxxCom a língua bifurcada, dentes afiados e chifres que brotam da testa, Diablo Delenfer, 43, de Kent, pode parecer o demônio encarnado para a maioria das pessoas. Agora, o ex-segurança que se autodescreve como “artista da modificação do corpo” terá também parafusos implantados em seu crânio em uma tentativa de criar um moicano de metal diabólico.

As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

Como não há licença ou regulamentação para a modificação do corpo no Reino Unido, toda o procedimento será feito sem anestesia. “Em tudo o que fiz, estive completamente consciente, completamente acordado”.

Ele conta que já gastou mais do qeu 10 mil libras (em torno de R$ 40 mil) nessa trajetória de transformação. “Ser um Devil Man não é algo barato!”, brinca.

Entre as operações que já fez até agora, Diablo Delenfer – cujo nome real é Gavin Paslow – teve a língua cortada em duas partes, implantes sub-cutâneos que deram lugar a um par de chifres e uma tatuagem no globo ocular que se transformou o branco de seus olhos em dois brilhantes vermelhos.

Apesar da dor, ele não tem planos de parar.

Ele afirma que é muito curioso e que a modificação do corpo faz parte de sua jornada de vida. “É um pouco estranho, um pouco excêntrico, mas é o que eu sou.”

Ele afirma, no entanto, que não é “satânico” em todos os aspectos da vida. “Isso é só um pouco de diversão.”

A diversão custou caro também no ano de 2009, quando ele foi pego reivindicando uma série de benefícios fraudulentos e foi sentenciado em prestar 200 horas de serviços comunitários. “Eu só queria ter feito essas modificações, então eu usei o meu dinheiro do benefício para pagar por algumas delas. Foi um erro estúpido e eu sinto muito, realmente me arrependo”, afirma.

Enquanto ainda não concretiza sua ambição de ter uma cauda orgânica, ele se contenta com as orelhas pontudas e com a série de tatuagens que agora cobrem o rosto e os braços. “Relacionamentos são um problema sério, para ser honesto”, afirma. “Estou procurando por alguém que possa ver por detrás da máscara”, completa.

Ele conta, ainda, que chama muita atenção na rua e que se diverte com isso. “Algumas pessoas se assustam e outras não entendem, mas é muito divertido”, conclui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey