porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Homem é assassinado dentro de sua própria casa em Pão de Açúcar

A polícia chegou ao local do crime cinco minutos após o homicídio, mas não conseguiu prender o assassino



unnamedPor volta das 21h20, ocorreu um homicídio na cidade de Pão de Açúcar. Junior César dos Santos, 21 anos, conhecido como “Ainhan”, morador da Rua São Pedro, nº 84, estava sentado à porta de sua casa quando foi surpreendido por um indivíduo alto, magro, usando boné branco e camisa branca, que o surpreendeu com um tiro na cabeça.

Ao ser atingido a queima roupa, Júnior César correu para dentro de  casa e o assassino o perseguiu e disparou mais um tiro na cabeça quando a vítima já estava agonizando, vindo este a entrar em óbito no local da cena.

Após ter matado a vítima, o autor saiu correndo e tomou destino ignorado. Agentes civis sob a coordenação do delegado Sandro Marcelo chegaram ao local do crime logo após cinci minutos do ocorrido, mas antes realizaram uma diligência em pontos estratégicos da cidade, por onde o assassino poderia passar em fuga, mas não conseguiram êxito. “Chegamos de imediato à rua onde ocorreu o crime, pegamos as características do autor dos disparos e tentamos prendê-lo em pontos estratégicos que dão acesso à saída da cidade, mas não conseguimos localizá-lo”, disse o delegado Sandro Marcelo.

Informações dão conta que a Junior César dos Santos não era casado e morava sozinho na residência onde foi assassinado. Vizinhos disseram à reportagem do Cada Minuto que a vítima era uma pessoa que não tinha inimigos e mantinha um bom relacionamento com as pessoas, embora fosse alcoolatra.

A notícia do crime logo se espalhou na cidade e muitos curiosos aglomeraram-se em frente à residência da vítima, mas a polícia isolou a casa enquanto aguardava a chegada da viatura do IML, para transportar o corpo para necropsia, na cidade de Arapiraca.

O delegado  dsandro Marcelo realizou os primeiros levantamentos e não sabe ainda o que motivou o crime, já que a vítima não possuía inimigos e era uma pessoa bastante relacionada na rua onde morava.

Informações dão conta que a vítima não era usuário de drogas, mas tinha o hábito de consumir bebida alcóolica, embora fosse considerada uma pessoa de paz.

No momento em que a reportagem do Cada Minuto estava conversando com o delegado Sandro Marcelo e com um parente da vítima, surgiu um fato novo que poderá contribuir para a linha de investigação. Segundo informações, uma pessoa ligou para um parente da vítima e disse que uma vizinha ligou para uma pessoa dando a notícia da morte e disse ter reconhecido o autor do crime. O delegado agora está tentando chegar a essa possível testemunha, que poderá desvendar o caso.

Até à meia noite deste sábado o carro do IML não havia chegado para recolher o corpo. O crime repercutiu na cidade em razão dos festejos carnavalescos, embora não tenha ocorrido no local da festa.”Não esperava que o meu primo tivesse um fim tão trágico, pois ele era uma pessoa de paz e costumava ficar tranquilo sentado à porta de casa”, disse um parente da vítima.

A polícia acredita que algo tenha motivado o crime e, por iss, vai ouvir parentes e vizinhos da vítima.

 

Por Hélio Fialho


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey