porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Governo lança campanha de proteção à criança no Carnaval



O Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), lançou nesta terça-feira (11), em Salvador, a campanha para proteção das crianças e adolescentes contra todos os tipos de violência durante o carnaval. Com a chamada “Proteja Brasil”, a campanha estará presente em festas de todo o país, com maior destaque para os principais centros carnavalescos do Brasil.

{2945d9fd-f25f-445b-9c57-e6d847499504}_carnaval

A campanha tem o objetivo de conscientizar a população sobre a necessidade de estar alerta para o problema, assim como prevenir e denunciar possíveis violações de direitos de crianças e adolescentes. As ações terão como foco os pontos de grande circulação de pessoas, como portos, aeroportos, rodoviárias, hotéis e os próprios circuitos de carnaval (sambódromos, blocos e camarotes).

Nesses locais serão distribuídos adesivos, panfletos e cartazes informativos. Além do abuso e da exploração sexual, os organizadores pretendem alertar para outros tipos de violência, como o trabalho infantil. As denúncias devem ser feitas pelo Disque 100.

Artistas e personalidades do carnaval estão sendo convidados a se envolver na divulgação da campanha. “Se tocarmos nos corações e mentes dos brasileiros, se conseguirmos que todos fiquem atentos e denunciem, teremos dado um grande passo em direção a um Brasil melhor”, afirmou o ministro do Turismo, Gastão Vieira.

O Ministério do Turismo também incentiva a participação da população por meio das redes sociais. Os canais da pasta contam com mais de 500 mil conexões. O período de férias de fim de ano até o carnaval responde por 50% da movimentação turística doméstica. São cerca de 30 milhões de brasileiros realizando quase 100 milhões de viagens.

Para a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, é importante que a população esteja atenta a esses crimes. “Gostaria de pedir o apoio aos responsáveis por camarotes, televisões e artistas para que participem da campanha”, afirmou. O governador da Bahia, Jaques Wagner, acrescentou: “O trabalho mais importante nessa área é educativo, não repressivo; por isso é importante o engajamento de todos”.

“Proteja Brasil” é uma ação contínua que visa a promoção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Representada por um trio de “macaquinhos”, que estimula a proteção e a denúncia de crimes contra crianças e adolescentes, a campanha já é conhecida por boa parte do público. Para o carnaval, especificamente, as personagens ganharam fantasias alusivas ao período.

Disque 100

Por meio do Disque 100, é possível denunciar quaisquer tipos de violações de Direitos Humanos. O serviço funciona 24 horas, sete dias por semana, inclusive finais de semana e feriados. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil através de discagem direta e gratuita, de qualquer terminal telefônico, fixo ou móvel. As denúncias podem ser anônimas e o sigilo das informações é garantido, quando solicitado.

O Disque 100 atende também a denúncias de violações de direitos de pessoas idosas, pessoas com deficiência, LGBT e outros segmentos vulneráveis, como quilombolas, ciganos, índios e pessoas em privação de liberdade.

Nos últimos três anos (2011-2013), a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), responsável pelo Disque 100, recebeu 336,2 mil denúncias de violações de direitos de crianças e adolescentes.

Aplicativo Proteja Brasil

Lançado no ano passado, durante a Copa das Confederações, o aplicativo para smartphones “Proteja Brasil”, é um programa que permite identificar e denunciar violações de direitos de crianças e adolescentes, incluindo os endereços de Conselhos Tutelares e delegacias. Desenvolvido para os sistemas Android e iOS, o aplicativo também permite discar para o número 100.

Parceria com o Turismo

Enquanto a SDH/PR acionará as redes ligadas à temática da criança e do adolescente, como Conselhos Tutelares e de Direitos, secretarias de Direitos Humanos e de Assistência Social, Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), o Ministério do Turismo atuará junto aos Conselhos de Turismo e às secretarias da área, bem como em todo o setor turístico do país.

Faça a sua parte. Fique atento aos direitos das crianças e adolescentes e, em caso de violações, “Não desvie o olhar. Denuncie. PROTEJA”. Divulgue esta campanha, procure o Conselho Tutelar ou Disque 100. Proteger nossas meninas e meninos de todas as formas de violência é uma responsabilidade de todos.

Fonte: Ministério do Turismo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey