porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Governo de Alagoas vai distribuir 3,1 milhões de preservativos



camisinha aids dstPara assegurar a prevenção contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) durante o Carnaval, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) irá distribuir 3,1 milhões de preservativos. Do total, serão 3 milhões de preservativos masculinos e 100 mil femininos, além de 100 mil saches de lubrificantes, que estarão à disposição dos foliões residentes nos 102 municípios do Estado.

Este ano, os 34 municípios que irão realizar festejos carnavalescos serão contemplados com o dobro do número de preservativos solicitados. De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de DSTs e Aids, Selma Ferreira, o reforço na distribuição dos preservativos tem o propósito de frear o aumento do número de casos de DSTs no Estado, principalmente da Aids.

Isso porque, segundo o último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde (MS), de 1986 até 2013 já foram registrados 4.843 portadores do vírus HIV em Alagoas, sendo 134 somente no ano passado. “Temos que focar a prevenção às DSTs. E uma forma eficaz de evitar o aumento dos casos de doenças sexualmente transmissíveis é tornar acessível os preservativos masculinos e femininos, além de orientar a população a utilizá-los corretamente durante a relação sexual”, destaca Selma Ferreira.

Saúde Sempre à Mão – Para isso, em 2012 a Sesau criou o Projeto Saúde Sempre à Mão, que tem como foco a prevenção das DSTs. Além de uma unidade móvel que percorre eventos distribuindo camisinhas masculinas e femininas, foram distribuídos 580 dispensadores com os 102 municípios.

Até 2011, a distribuição de preservativos ocorria, apenas, para àqueles que possuíam cadastro e compareciam às Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Na primeira avaliação do Projeto Saúde Sempre à Mão, realizada pela Sesau, houve a constatação de um aumento na distribuição dos preservativos.

“Durante o lançamento do projeto, o dispensador de preservativos chamou a atenção, porque possui informações essenciais, explicando como a camisinha deve ser usada e como é possível contrair DSTs e Aids. Da forma que as informações estão disponibilizadas, já que há indicações ilustrativas, qualquer pessoa pode entender o conteúdo, mesmo que não seja alfabetizada”, esclarece Selma Ferreira.

Reforço de Preservativo – Além de Maceió, Arapiraca, Barra de Santo Antônio, Barra de São Miguel, Cajueiro, Coruripe, Delmiro Gouveia, Japaratinga, Jequiá da Praia, Limoeiro de Anadia, Maragogi, Marechal Deodoro, Murici, Novo Lino, Palmeira dos Índios, Paripueira, Penedo e Piaçabuçu serão contemplados com o dobro de preservativos programados. Pilar, Piranhas, Porto Calvo, Porto de Pedras, Porto Real do Colégio, Rio Largo, Roteiro, Santa Luzia do Norte, Santana do Ipanema, São José da Laje, São Luis do Quitunde, São Miguel dos Campos, São Sebastião, Traipu, União dos Palmares e Viçosa também terão duplicado o número de camisinhas.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Secretaria Estadual de Saúde


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey