Governador diz que deve vetar aumento salarial dos deputados

Segundo Renan Filho, aumento não foi dado de forma legal. Parlamentares aprovaram reajuste para R$ 25 mil em dezembro de 2016.



O governador Renan Filho (PMDB) informou, nesta segunda-feira (9), que deve vetar o aumento do salário dos deputados estaduais de Alagoas. Ele falou a jornalistas durante cumprimento de agenda pública e disse que, pelo modo como foi feito, não há legalidade no aumento.

Os deputados aumentaram os próprios salários em sessão na Assembleia Legislativa no dia 27 de dezembro do ano passado. Com isso, a remuneração bruta dos parlamentares passa de R$ 20 mil para R$ 25 mil. No entanto, para se tornar lei, o aumento precisa ser sancionado pelo governador.

“Talvez eu não tenha condição de dar [o aumento]. Antes de vetar, vou conversar com eles, mas tomarei a decisão que a lei me obriga a tomar, que é vetar o aumento aos deputados em virtude de que não há legalidade no aumento que foi dado, de maneira que pode se estudar um outro caminho”, disse o governador.

Renan Filho disse ainda que pediu que os deputados fossem comunicados da decisão, para que a situação seja resolvida por meio do diálogo.

“Eu já pedi à secretaria de Planejamento e à Procuradoria Geral do Estado (PGE) para comunicar ao presidente da Assembleia e aos deputados de maneira que encontremos uma saída”, ressaltou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey