porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Ex-BBB Marcos Härter pede habeas corpus contra investigação da Delegacia da Mulher, e delegada rebate



O ex-BBB Marcos Härter entrou com pedido de habeas corpus para suspender as investigações da Delegacia Especializada no Atendimento Mulher (Deam) de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, pela suposta agressão contra Emilly Araújo, vencedora do Big Brother Brasil 17. A informação foi antecipada pela coluna “Gente boa”, do Globo. O cirurgião plástico alega que a delegada Viviane da Costa não tem atribuição para presidir o inquérito e que a vítima, sua namorada no reality show, não apresentou denúncia contra ele.

— Ele entrou com o pedido contra mim. Não entendi nada — critica a diretora da Divisão de Proteção e Atendimento à Mulher (Deam), Marcia Noeli Barreto, que acrescenta: — Recebi o comunicado ontem (18) e vou responder hoje (19) ainda. O acusado especificou meu nome como quem instaurou o inquérito. Mas ele errou. Quem está investigando o caso é a delegada Viviane Costa (delegada da Deam de Jacarepaguá, onde o caso é investigado). Mas o advogado vai fazer o papel dele, entendo. Não, há, no entanto, nada que eles aleguem que possa ser incorreto. Está tudo na lei e esse pedido não atrapalha as investigaçoes.

O juiz Marco Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, determinou que a delegada preste esclarecimentos sobre o caso em 72 horas, a contar a partir desta terça-feira (18). Só então ele decidirá sobre a concessão ou não da liminar.

“Considerando as circunstâncias do caso concreto, entendo que o pedido de liminar deva ser examinado após a Autoridade Coatora prestar as suas informações, já que a inicial veio desamparada de qualquer cópia dos autos do inquérito policial. Por isso, oficie-se a Autoridade Policial a fim de que preste esclarecimentos, no prazo de 72 horas, sendo certo que o pedido liminar será examinado com a chegada de tais informes”, declarou o magistrado em seu despacho, como informou o Tribunal de Justiça do Rio.

Fonte: Extra Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey