porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Estado paga 13º salário dos servidores nesta quarta-feira

Teotonio Vilela anunciou pagamento dos servidores e falou sobre as ações de saúde e segurança



O governador Teotonio Vilela Filho anunciou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (16), no Palácio República dos Palmares, o pagamento na próxima quarta-feira (18) do 13º salário para os servidores de todas as faixas salariais, injetando R$ 206 milhões na economia alagoana.

“O principal motivo desse encontro é para esse anúncio, uma demanda muito cobrada por onde passo. Eu reconheço a importância disso para os servidores e para o comércio alagoano, daí a minha alegria em anunciar esse pagamento. Enquanto parte dos estados brasileiros ainda não teve como anunciar que os recursos estão garantidos para o pagamento, em Alagoas, um dos estados mais pobres da Federação e apesar das dificuldades, nós vamos pagar em dia”, afirmou.

Acompanhado do secretário de Estado da Comunicação, Keylle Lima, Teotonio falou sobre as ações após a volta ao cargo. “Estive na manhã de hoje em São Miguel dos Campos autorizando o repasse de R$ 701 mil para serviço de tomografia e a ampliação de leitos de UCI e UTI neonatais da Santa Casa do município”, explicou.

Reajuste salarial para as polícias

“Já falei várias vezes e todos sabem disso. A Polícia de Alagoas ganha mais que a média do Nordeste, mas o Governo está comprometido com o realinhamento, logo que haja espaço no índice de Responsabilidade Fiscal. Isso é prioritário”.

Segurança

“Queremos melhorar a segurança e temos investido como nunca se investiu nesse Estado, são R$ 160 milhões. Um investimento sem precedentes. Teremos mais videomonitoramento, Instituto de Criminalística, 30 novas bases de polícia comunitária, sistema de comunicação digital e mais 1.400 policiais entre militares e civis”.

Morte de policial

“Todo crime é profundamente lamentável e se tratando de um policial, que estava trabalhando para defender a sociedade, é ainda mais triste. Estamos fazendo o que deve ser feito, prender os responsáveis e puni-los. Quero dizer que lamento e sou solidário com a família e com a instituição”.

Brasil Mais Seguro

“A violência é uma preocupação recorrente. Tentamos combater o crime sem dar tréguas. Está mal informado quem diz que o Programa Brasil Mais Seguro não está dando resultado. São operações conjuntas das policias Civil e Militar contando com 80 ou 100 policiais, sistematicamente. Talvez, o resultado não seja ainda o que queremos. Em 2013, já fizemos mais de 2.200 prisões. É uma guerra dura, difícil e eu não estou satisfeito”.

Saúde em Maceió

“Vamos inaugurar mais 99 leitos no Hospital Geral do Estado. Estamos construindo mais duas UPAs [Unidades de Pronto Atendimento] em Maceió, no Benedito Bentes e Vergel do Lago, que vão contribuir significativamente para melhor atendimento de saúde na capital”.

Seca

“Eu, há 28 anos, tenho pautado minha vida política com o viés de promover, defender e criar políticas públicas para o Sertão. Já fizemos o Canal do Sertão, o maior rio de Alagoas, com uma vazão de 30m³ de água por segundo. Vamos, em parceria com o Governo Federal, instalar 15 mil cisternas em todas as casas da caatinga. Estamos ampliando e dobrando as Adutoras do Agreste e Bacia Leiteira, construindo a adutora do Alto Sertão. Até o final de 2014 todas as casas das cidades do Sertão e do Agreste terão água tratada em suas torneiras. São R$ 400 milhões em investimentos só em adutoras em parceria com o Governo Federal. O Estado dá a contrapartida, constrói, planeja e toca a obra.

Carros-Pipa

“São legítimas as exigências da Defesa Sanitária para que a distribuição seja segura e saudável. Esta semana em que estive fora, Nonô reuniu-se com a Comissão da Seca para tratar disso. É um entendimento judicial que reúne Ministério Público, Municípios, Estado e Exército, para que ainda essa semana problema da distribuição seja equacionado.

Presença do Governo

“Hoje, para onde você olhar tem uma presença significativa do Estado, dando sua contrapartida, seja nas 50 mil casas construídas nos últimos sete anos, seja nos mais de mil quilômetros de extensão de estradas construídas ou recuperadas, ou no dobro da área saneada no Estado”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey