porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Comitê da reeleição terá ‘ponte’ com Instituto Lula

Dirigente da entidade do petista vai atuar na campanha de Dilma para sintonizar agendas; chefe de gabinete da presidente deixa cargo no Planalto



luladilma620A campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição vai “importar” um diretor do Instituto Lula para a equipe. A ideia é sintonizar os planos da petista e de seu antecessor, além das agendas da dupla nos palanques. Lula afirmou a dirigentes petistas que também atuará como “vendedor ambulante” da gestão Dilma em reuniões individuais com empresários, sindicalistas e representantes de movimentos sociais descontentes com o governo.

O PT quer que Clara Ant, diretora do Instituto Lula, organize os compromissos do ex-presidente com o time da campanha. Em 2010, ela coordenou o grupo que cuidava dos subsídios para o discurso da então candidata, com números, indicadores e todo tipo de informação sobre programas do governo Lula.

Até agora, porém, nem Dilma nem o ex-presidente definiram quem fará a “ponte” do Instituto Lula com a campanha. Atualmente, Clara dirige, em São Paulo, o projeto Iniciativa África e coordena a agenda do chefe.

O titular da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, deve ser o único ministro a integrar a equipe da reeleição. Ele tentará apaziguar a tensa relação de Dilma com os movimentos sociais e aproximá-la da Igreja Católica e dos evangélicos. É, na prática, o mesmo papel que tem no governo, mas a preocupação maior da campanha, hoje, é em aumentar a interlocução com setores que se afastaram do PT, para conter possíveis protestos durante a Copa do Mundo.

O chefe de gabinete de Dilma, Giles Azevedo, deixou ontem o Palácio do Planalto e, na próxima semana, se reunirá com dirigentes do PT. No núcleo da campanha, ele ficará responsável pela agenda da candidata, em conjunto com o Instituto Lula. Giles acompanha Dilma desde a época em que ela foi secretária de Minas, Energia e Comunicações do governo Olívio Dutra, no Rio Grande do Sul (1999-2002).

Tudo bem. A cúpula do PT tem feito de tudo para desfazer rumores sobre divergências entre Dilma e o antecessor. Na quarta-feira de Cinzas, por exemplo, o Instituto Lula divulgou foto da dupla em reunião do Palácio da Alvorada, ao lado de coordenadores da campanha. Ambos estavam sorridentes e de mãos dadas.

O escritório político que vai abrigar a equipe da reeleição, em Brasília, deve ficar pronto em abril. O novo comitê petista ocupará dois pavimentos do Edifício Embassy Tower. Lá ficarão o presidente do PT, Rui Falcão, e auxiliares como Giles, Charles Capella e Alessandro Teixeira, que cuidará do programa de governo de Dilma. Capella e Teixeira trabalham na Casa Civil e deixarão os cargos na próxima semana.

O jornalista Franklin Martins, ex-ministro de Lula, ficará encarregado da comunicação da campanha, incluindo o monitoramento das redes sociais. Ele terá equipe própria, que trabalhará em outro imóvel.

Dirigentes do PT afirmam que a estrutura da campanha será menor do que a de 2010, quando o partido alugou cinco imóveis em Brasília. Agora, além do comitê, haverá uma casa que servirá de estúdio para o marqueteiro João Santana gravar os programas eleitorais de rádio e TV.

 

Fonte: Estadão


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey