porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Cinco suspeitos da chacina de Joaquim Gomes são detidos

Cinco pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira



Uma força-tarefa entre as polícias Civil e Militar e uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope), prendeu na manhã desta sexta-feira (22), cinco pessoas suspeitas de terem cometido uma chacina em Joaquim Gomes. No domingo (17), três irmãos e um idoso de 60 anos foram executados a tiros enquanto assistiam televisão.

Suspeitos são levados à Delegacia de Joaquim Gomes

A Polícia Civil havia informado que o caso estava esclarecido, no entanto, estava no aguardo da autorização dos mandados de prisão. Com a determinação do juiz Gilvan dos Santos Oliveira em mãos, os policiais conseguiram deter José Miguel da Silva (18), Antônio Augusto da Silva (26), Jailson Raimundo de Souza (22), Leandro José da Silva (23) e Edmilson da Silva (40).

Os cinco são acusados na execução dos irmãos Maurício Vianna da Silva, 18, Marcos Vianna da Silva, 22, e Márcio Vianna da Silva, 20, e de Cícero Batista da Silva, de 60 anos. Todos foram presos nos bairros Casal e Cacimbas, em Joaquim Gomes.

Segundo a polícia, duas armas, um revólver calibre 38, e uma espingarda, calibre 36, que estava na casa de um dos presos, Jailson Raimundo de Souza, foram apreendidas.

Durante a investida policial, um menor foi apreendido, no entanto, os policiais informaram que ele será liberador após averiguação.

O caso

Maurício Vianna da Silva, 18 anos, Marcos Vianna da Silva, 22 anos e Márcio Vianna da Silva, 20 anos, moravam na mesma casa na Travessa Gerson Rodrigues, no bairro Loteamento José Bento, em Joaquim Gomes, e foram assassinados enquanto assistiam televisão. De acordo com informações policiais, os irmãos teriam se mudado há cerca de um mês de Maceió para Joaquim Gomes.

Uma quarta pessoa identificada como Cícero Batista da Silva, de 60 anos, também foi morto na ação criminosa, mas não fazia parte da família, segundo informações de PMs, que estiveram no local e constataram a chacina.

 

Fonte: Tribuna Independente


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey