porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Barragem de Limeira seca e causa desabastecimento em Minador e Estrela

Casal recorre ao Comitê da Seca até que seja feita a regularização do abastecimento através da transposição da barragem do Bálsamo para o sistema de Limeira



522418_409605339135867_687722417_n

 

Ascom Casal/Foto Janio Bernardo

 

A barragem de Limeira, que abastece Minador do Negrão e Estrela de Alagoas, secou em decorrência da estiagem prolongada que afetou a região serrana do Estado. Os resquícios de água acabaram ontem (26). Como solução emergencial para amenizar a situação, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) recorreu ao Comitê de Combate aos Efeitos da Seca, com vistas à disponibilização de carros-pipa, até que seja feita a regularização do abastecimento destas cidades, através da transposição da barragem do Bálsamo para o sistema de Limeira.

A interligação está incluída no convênio de obras de saneamento (PAC Seca/Ministério da Integração Nacional) firmado entre o governo federal e o governo de Alagoas, e o processo se encontra em fase de licitação pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra).

“Não existe outra alternativa para abastecer, de forma segura, Minador do Negrão e Estrela de Alagoas, a não ser a adutora de interligação da barragem do Bálsamo para o sistema Limeira”, esclareceu o superintendente de Negócio do Interior, da Casal, Antônio Fernando. Segundo ele, a barragem do Bálsamo, que fica na divisa de Alagoas com Pernambuco, no município de Palmeira dos Índios, é o melhor manancial para abastecer esses dois municípios com regularidade e segurança.

“Até que essa obra seja feita, o abastecimento fica restrito a carro-pipa e à barragem de Limeira, quando houver água suficiente para o bombeamento, o que, infelizmente, não ocorre em período de seca como agora”, acrescentou Fernando, que participou, nesta segunda-feira (27), de uma reunião de emergência com o corpo técnico da Casal, para apressar providências visando disponibilizar água para Minador do Negrão e Estrela de Alagoas.

A Casal já oficiou ao Comitê de Combate aos Efeitos da Seca, que tem como coordenador o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Napoleão Casado, sobre a difícil situação em que se encontra o abastecimento de água desses dois municípios, conforme informou o representante da Casal no comitê, Jorge Briseno. O secretário, de acordo com Briseno, mostrou-se bastante preocupado e afirmou que não vai medir esforços para viabilizar carros-pipa para amenizar a situação.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey