porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Após morte de operário obra da Copa será inspecionada

Resultado de perícia do Instituto de Criminalística deve sair em 30 dias. Corpo de jovem foi enterrado na tarde deste domingo, em Diadema.



b5cad9c8ff638121083f0ab4e04331bcf678062fAgentes da Polícia Técnico-Científica inspecionaram parte da obra da Arena Corinthians, em Itaquera, Zona Leste de São Paulo, um dia após um operário morrer. A perícia, realizada na tarde deste domingo (30), durou cerca de duas horas.

Além dos agentes do Instituto de Criminalística (IC), estiveram presentes policiais civis do 65º Distrito Policial, que fica em Itaquera e que irá investigar o acidente. Laudo deve ficar pronto em até 30 dias. A arena irá receber a abertura da Copa do Mundo, em junho.

Na manhã de sábado (29), Fabio Hamilton da Cruz, de 23 anos, trabalhava na arquibancada provisória, montada no setor sul do estádio quando caiu de cerca de nove metros. Ele foi socorrido, mas morreu no Hospital Santa Marcelina.

O corpo do jovem foi sepultado por volta das 16h deste domingo, no Cemitério Municipal de Diadema, no ABC. De acordo com a Rádio CBN, o operário trabalhava havia três meses na obra. Esse era o seu primeiro emprego.

Em nota, a empresa Fast, contratante da WDS, para a qual o operário trabalhava, lamentou profundamente a morte de Fábio. No comunicado, a WDS assegura que está e estará prestando toda a assistência e apoio à família de seu funcionário.

A empresa reitera que o funcionário era treinado, conhecia a atividade e tinha à disposição todos os equipamentos necessários. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), no sábado um delegado do 24º DP (Ponte Rasa) visitou o local do acidente e constatou marcas de sangue e equipamentos de proteção, como luvas e óculos, caídos no chão.

A WDS diz também que se coloca à disposição das autoridades para contribuir com todos os esclarecimentos necessários para a elucidação das causas do acidente.

O Corinthians decretou luto oficial de três dias.  O secretário-geral da Fifa, Jérome Valcke, lamentou a morte do operário.  “Muito triste com a morte trágica do operário hoje na Arena de São Paulo. Meus sentimentos à família e aos amigos.”

Anteriormente, a Defesa Civil da cidade realizou vistoria e constatou que a obra é regular. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, o assunto é tratado como acidente de trabalho. O Comitê Integrado de Gestão Governamental Especial para a Copa do Mundo (SPCopa) informou que vai aguardar a manifestação dos órgãos competentes pela investigação.

Duas mortes
Em novembro de 2013, duas pessoas morreram na obra depois que um guindaste tombou e atingiu parte da estrutura das arquibancadas e um caminhão que estava parado no local.

O guindaste que içava o último módulo da estrutura da cobertura metálica do estádio tombou provocando a queda de uma peça metálica de 420 toneladas sobre parte da área de circulação do prédio leste – atingindo parcialmente a fachada. A Defesa Civil fez uma interdição emergencial de 30% da obra (o equivalente a menos de 5% da obra). O motorista Fábio Luiz Pereira, de 41 anos, e o montador Ronaldo Oliveira dos Santos, 43, trabalhavam para empresas terceirizadas e morreram.

Abertura
O estádio do Corinthians foi o local escolhido pela Fifa para o jogo de abertura da Copa do Mundo no dia 12 de junho de 2014. A seleção brasileira enfrentará a equipe croata, como ficou definido em sorteio, realizado em dezembro, na Costa do Sauipe (BA). Outros cinco jogos da Copa também estão previstos para o estádio da Zona Leste.

 

Fonte: G1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey