porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Anvisa proíbe venda de mais uma marca de whey protein

Punição vale para lote do 100% 3 Whey Protein Top Fuel. Agência encontrou irregularidades na quantidade de carboidrato declarada no rótulo



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) voltou a punir fabricantes de whey protein, como são conhecidos os suplementos proteicos extraídos do soro de leite e usados por atletas. Desta vez, o órgão proibiu a distribuição e comercialização de um lote do 100% 3 Whey Protein Top Fuel, fabricada pela empresa Vulgo Suplementos em Belo Horizonte.

whey-20142702-size-598

De acordo com a Anvisa, um teste demonstrou que o suplemento contém uma quantidade de carboidrato superior à declarada em seu rótulo. Essa diferença excede o limite imposto pela agência, que tolera uma diferença de até 20% entre as informações nutricionais presentes na embalagem do produto e a sua real composição.

A proibição das vendas do suplemento é válida somente para o lote testado – que é o 857, com data de fabricação de dezembro de 2012 e válido até dezembro de 2014. A decisão da Anvisa foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União.

Punições — No último mês, a Anvisa suspendeu a comercialização de vinte lotes de whey protein de catorze fabricantes diferentes. Os suplementos também haviam apresentado uma diferença maior do que de 20% entre a quantidade de carboidratos declarada no rótulo e a presente na composição do produto.

Veja Online


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey