porno sex sifresiz mac izle online film seyret r57 c99 shell


Agricultor é alvejado na zona rural de Inhapí, sertão das Alagoas.

Vítima foi atingida por várias vezes e morreu no local da cena sangrenta



Por Redação/James T. Braddock

Exibindo thumbs.jpg

O agricultor José Alexandre da Silva, 53, conhecido como Deda Curió, foi executado com pelo menos 20 disparos de revólver cal. 38 e pistola ”ponto 40” na noite desta terça-feira (26) na zona rural de Inhapí.

Segundo informações colhidas no local do crime, o agricultor estava em sua residência, quando dois homens ainda não identificados chegaram e ficaram conversando com a vítima que parecia não desconfiar que a dupla seriam seus algozes matadores tanto que, os convidou para adentrarem em sua residênncia. Ainda, segundo informações, os assassinos, após ficarem bebendo por toda a tarde de ontem juntamente com a vítima e um outro amigo de prenome ”Manu”, sacaram as armas e efetuaram vários disparos atingindo Deda Curió que morreu no local.

Os disparos atingiram também “Manu”, o amigo da vítima, que, mesmo alvejado, conseguiu escapar e pedir socorro sendo atendido por uma Unidade Móvel da (SAMU) dando entrada no Hospital Regional, em Santana do Ipanema. Os acusados fugiram da ação da polícia tomando destino ignorado.

No local do crime, foram encontradas várias cápsulas de projéteis, que levam a polícia a acreditar que as armas utilizadas para cometer o homicídio tenham sido um revólver cal. 38 e uma pistola ”ponto 40”.

Há suspeita de que os acusados seriam conhecidos da vítima, já que de acordo com relato de testemunhas, a dupla teria aparecido na residência de Deda Curió no período da manhã de ontem, ocasião em que não o encontraram e foram embora retornando no final da tarde.

O caso está sendo investigado pela 29ª Distrital, sob a titularidade do delegado Walter Fontes. O corpo de DEDA CURIÓ foi trasladado para o Instituto Médico Legal (IML), em Arapiraca, agreste do Estado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Estadão Alagoas 2016 | Todos os Direitos reservado - Desenvolvido por Interactive Monkey